O OBSERVATÓRIO DA CIDADANIA DE MOCAMBIQUE (OCM) com o apoio da FUNDAÇÃO MASC e em representação de mais de 144 Organizações da Sociedade Civil, reuniu-se no passado dia 1 de julho do corrente ano com quadros da Direcção Nacional de Identificação civil (DNIC) e Serviço Nacional de Migração (SENAMI) para apresentar a Proposta de Lei para a criação do Cartão de Cidadão.
A criação do Cartão do Cidadão prevê um documento único onde estejam atestadas a identidade para os vários efeitos resolveria a questão do dispêndio de tempo e de dinheiro bem como permitiria ao Estado a redução nas despesas associadas a criação de condições materiais em vários sectores para a emissão da múltipla documentação necessária ao cidadão moçambicano.