A Incubadora Cívica de Pemba deu origem a diversos grupos temáticos, sendo um deles o grupo temático de casamentos prematuros. Este grupo tem como principal enfo¬que as raparigas, através de acções como a sensibilização para que estas não adiram aos casamentos prematuros, incentivo para que mesmo que grávidas, não desistam de estudar. A Incubadora também possui o ob¬jectivo medir o impacto das acções que já foram feitas pelo Governo e OSC’s sob a mesma temática.
Tendo em conta o contexto de instabilidade na Província de Cabo Delgado, mui¬tas famílias viram-se obrigadas a abandonar os seus lares, deslocando-se para distritos como Mecúfi, Pemba, Metuge. Nestas famílias, grande parte das integrantes são raparigas, mulheres e crianças, que carecem de diferentes tipos de assistência. Além da aparente vulnerabilidade, muitas também ficaram mentalmente abaladas por conse¬quência das situações vivenciadas, como es¬capatória recorrem a alternativas negativas, a título de exemplo a prostituição, realização de furtos, entre outros.
O grupo temático viu nestas raparigas um novo grupo-alvo para abordar. Após identificar as famílias com auxílio das estruturas administrativas, o grupo temático iniciou a sua actividade de campo no passado dia 22 de Junho de 2020 nos bairros de Natite, Cariacó e Paquite. Até ao momento foram visitadas 10 famílias, onde existem 60 raparigas deslocadas vientes de Mocímboa, Pal¬ma, Macomia e Nangade. As raparigas dos grupos temáticos irão fazer doação de kits de primeira necessidade, e em parceria com a Administração do Distrito e os SDSMAS prestar assistência psicológica e criar fóruns de debate sobre empreendedorismo e alternativas de sustento. Das 60 raparigas e mulheres, foi possível criar 8 Clubes para uma melhor organização das actividades.
Esta actividade encontra-se contemplada no âmbito do programa PAANE.