No âmbito das acções de sensibilização e disseminação das medidas de prevenção do Covid-19, a Fundação MASC, e parceiros locais, a Incubadora Cívica e a Associação de Estudantes
Finalistas Universitários de Moçambique (AEFUM),através dos seus mobilizadores comunitários, trabalharam na localidade de Samora Machel, posto administrativo de Ócua, distrito de Chiúre. A actividade decorreu no dia 7 de Maio do corrente ano, onde foi possível interagir com as comunidades locais com a orientação dos técnicos de saúde sobre a nova pandemia, incluindo a componente nutricional que ajuda a fortalecer o sistema imunitário. No contacto com a comunidade, observou- se que estas não têm acesso a informação. As pessoas continuam a viver sem nenhuma precaução porque desconhecem a doença e, consequentemente, as medidas de prevenção. O chefe de posto administrativo, no final da campanha, teceu algumas considerações, tendo reconhecido o papel da sociedade civil na assistência as comunidades e entende que esta é uma grande parceira do Estado.
A maioria das comunidades do distrito de Chiúre tem como actividade económica a prática de agricultura de subsistência e, neste momento, o distrito ainda não registou nenhum caso da Covid-19, mas as autoridades locais estão em vigilância.