INÍCIO2020-08-07T08:43:33+00:00

PROGRAMA
URITHI

Criando oportunidades e fazendo uma diferença sustentável na vida dos moçambicanos através do fortalecimento da governação democrática, melhoria do acesso a serviços básicos, construção de resiliência e desenvolvimento de meios de subsistência e narrativas alternativas em Moçambique.

PROGRAMA
URITHI

Criando oportunidades e fazendo uma diferença sustentável na vida dos moçambicanos através do fortalecimento da governação democrática, melhoria do acesso a serviços básicos, construção de resiliência e desenvolvimento de meios de subsistência e narrativas alternativas em Moçambique.

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

O programa URITHI baseia-se numa abordagem integrada e está estruturado em cinco blocos que se reforçam mutuamente

BLOCO

A

Governação
Democrática

BLOCO

B

Construção da Paz e Coesão Social

BLOCO

C

Acesso Melhorado a Serviços Básicos

BLOCO

D

Meios de Subsistência Rurais, Resiliência e Geração de Rendimento

BLOCO

E

Desenvolvimento Institucional da Fundação MASC

A NOSSA
VISÃO

Um Moçambique inclusivo, estável e resiliente, onde as comunidades pobres e desfavorecidas estão habilitadas para aceder às instituições e recursos políticos, onde os direitos humanos e a justiça social são promovidos, as capacidades da comunidade local são construídas, os meios de subsistência e a prestação de serviços são melhorados, a discriminação de género é eliminada e a vulnerabilidade da comunidade é reduzida.

A NOSSA
VISÃO

Um Moçambique inclusivo, estável e resiliente, onde as comunidades pobres e desfavorecidas estão habilitadas para aceder às instituições e recursos políticos, onde os direitos humanos e a justiça social são promovidos, as capacidades da comunidade local são construídas, os meios de subsistência e a prestação de serviços são melhorados, a discriminação de género é eliminada e a vulnerabilidade da comunidade é reduzida.

OBJECTIVOS ESTRATÉGICOS

  • Melhorar a responsabilização e a capacidade de resposta do governo.

  • Aumentar a participação do cidadão na formulação de políticas.

  • Combater injustiças e desigualdades sociais para as mulheres e pessoas desfavorecidas e marginalizadas.

  • Melhorar os meios de subsistência através do desenvolvimento de habilidades e da geração de rendimento.

  • Adaptar a vulnerabilidade gerada pelas mudanças climáticas e mitigar o risco de desastre.

  • Melhorar o acesso a serviços básicos de qualidade para os pobres.

  • Construir empreendimentos de desenvolvimento comunitário.

  • Melhorar os meios de subsistência através do desenvolvimento de habilidades e da geração de renda.